WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘árbitro’

Diretoria do Vitória da Conquista entra com representação contra árbitro

Site Oficial do Clube

A diretoria do Vitória da Conquista encaminhou esta tarde à Federação Baiana de Futebol, uma representação contra o sr. Gleidson Santos Oliveira pela sua atuação na partida deste domingo, dia 20, entre o Vitória da Conquista e o E.C. Bahia.

Na partida em que ficou clara a superioridade do alviverde dentro de campo, os vários erros do trio de arbitragem, de maneira especial do central, mudaram os rumos da partida, dando ao time da capital a chance que não teria pela mera prática do futebol de conseguir um bom resultado.

Depois da partida, o bandeira em conversa com algumas pessoas falou que tentou avisar o árbitro pelo rádio que não foi pênalti, mas que ele não atendeu. O árbitro marcou o pênalti sem sequer consultar o bandeira.

Segundo Ederlane Amorim, presidente do Alviverde, ao questionar o árbitro sobre a atuação dele na partida “ele simplesmente virou para mim e mandou que fosse chorar longe. Até onde vamos com esse tipo de situação no futebol baiano? Ou se faz algo para que a arbitragem acompanhe a evolução e o profissionalismo que se busca hoje dentro do futebol, ou essas atuações desastrosas vão continuar acontecendo e jogando na lata do lixo todo o nosso planejamento.” E finalizou: “E o pior é que esse é o segundo pênalti em duas partidas seguidas. Contra o Fluminense o juiz marcou um pênalti inexistente que iniciou a reação do time de Feira aqui dentro do nosso campo. Onde isso vai parar?”

Presidente do Conquista rasga o verbo contra o árbitro

Bahia Noticias

Uma agressão e um pênalti polêmico, vão ser discutidos, pelo menos, até a próxima rodada. Essas são as jogadas que ficaram do empate por 2×2 entre Conquista e Bahia, na tarde deste domingo (20), no estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, ambas a favor do tricolor. Completamente revoltado com a atuação de Gleidson Oliveira, o presidente do Bode, Ederlane Amorim, rasgou o verbo. “Chegar na Série A não tem árbitro daqui não. Por que não expulsou aquele zagueiro lá que deu um chute no nosso jogador? O pênalti é discutível, mas do outro lado ele não marca. A arbitragem, mais uma vez, favoreceu o Bahia”, rasgou.

Um pouco mais tarde, mais calmo, o mandatário continuou lamentando. “Nosso clube é pequeno, faz um investimento com dificuldade e acaba sendo prejudicado. Quando soubemos da escalação de Gleidson, reclamamos. Tinha apitado três pênaltis duvidosos no jogo contra o Ipitanga. Um pênalti duvidoso a nosso favor e outro duvidoso a favor do Bahia. O nosso ele não marcou e o do Bahia ele só faltou vibrar com a marcação. Só temos a lamentar. Pela história e a torcida que tem, é vergonhoso o Bahia chegar nessa situação dessa maneira. Não estão acusando o Bahia, que não tem nada com isso, estamos apenas alertando para mais pra frente outros times do interior não sejam prejudicados”, indicou, em entrevista a Itapoan FM.

Árbitro de domingo atuou em 2 dos triunfos do time

Site Oficial do Bahia

Foi divulgada na tarde desta quinta-feira a escala de arbitragem para as primeiras partidas da segunda fase do Campeonato Baiano de 2011.

Na rodada que começa no próximo domingo (20), o Tricolor enfrenta o Vitória da Conquista, às 16h00, no estádio Lomanto Júnior, com arbitragem de Gleidson Santos Oliveira, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Mick Santos de Jesus.

Gleidson apitou dois jogos do Esquadrão em 2011. O primeiro contra o Camaçari, na 6ª rodada da competição (2 a 0), e o segundo contra o Ipitanga, pela 10ª rodada (3 a 0). Em ambos os embates, os resultados foram positivos para o Tricolor.

O outro árbitro que estava no sorteio era Diego Pombo Lopez, que participou da estreia do clube no campeonato e foi criticado por erros em lances decisivos durante a partida, ante o Serrano.

Para técnico do Bahia de Feira, juiz foi conivente com anti-jogo

Site do ADBF

Lira não gostou da arbitragem

A arbitragem de Clodoaldo Mendes da Anunciação foi um episódio à parte ontem à tarde no jogo entre Fluminense e Bahia de Feira. O trabalho do juiz foi muito questionando pelos jogadores e principalmente pelo técnico Arnaldo Lira que não poupou críticas ao seu trabalho.

Para Arnaldo Lira, a arbitragem foi muito complacente com o anti-jogo. “A prova maior disso é que o Fluminense bateu o tempo todo e só um zagueiro recebeu cartão amarelo ( Valter). É errado a gente incentivar o revide porque é fazer apologia a violência. Quando acontece uma situação dessas infelizmente o jogo perde em termos de qualidade técnica e os árbitros precisam ser mais enérgicos”, comentou

Lira ainda se reportou a outro lance envolvendo o atacante João Neto, que derrubado dentro da área. “Foi pênalti e ele estava próximo da jogada e não deu, ou seja, foi mais um lance que o time deles parou com falta e o juiz nada fez. Não sou de falar de arbitragem, mas o que aconteceu no jogo foi demais”, critica. Para o jogo de domingo contra o Fluminense, Lira deve promover a estréia do volante Lau, que não foi relacionado no jogo de ontem por não ter a documentação regularizada. A expectativa é que o nome dele seja publicado ainda hoje no Boletim Informativo Diário (BID) e ganhe condições de jogo para domingo.

Árbitro de Itarantim apita partida entre juniores de Vitória da Conquista

Fonte: Tribuna da Conquista

Os juniores de Serrano e Vitória da Conquista também se enfrentam neste domingo no estádio Lomanto Júnior, só que às 14h00.

Para apitar a partida foi escolhido Fábio da Cruz Cardoso, de Itarantim. Ele será auxiliado pelos conquistenses Wellington Xavier Santos e Silvano Freire da Silva. O árbitro reserva será o também conquistense Bruno Nogueira Prado.

O Bodinho ocupa a sexta colocação do grupo 01, com três pontos, enquanto que o rubro-verde está em quinto lugar no grupo 02 com dois pontos ganhos.

Apenas um árbitro de Vitória da Conquista atuou na primeira rodada

Fonte: Tribuna da Conquista

Nos últimos anos a arbitragem de Vitória da Conquista tem se destacado pela quantidade e pela qualidade de seus quadros.

Tanto nas competições oficiais, como o Campeonato Baiano, quanto em competições amadoras, como o Intermunicipal, podem ser observados um número razoável de árbitros e auxiliares pelos campos da Bahia.

Entretanto, na primeira rodada apenas um árbitro conquistense atuou: Rosalvo da Silva Mota. O juiz apitou a partida entre Camaçari e Juazeiro vencida pelo Camaçari por 2 x 1. Já Marielson Alves Silva, também conquistense, foi árbitro reserva da partida vencida pelo Serrano por 2 x 1 contra o Bahia, no estádio Lomanto Júnior no último domingo (16)

Árbitro troca o futebol paulista pelo baiano

Fonte: Tribuna da Bahia

A partir desta sexta(07), o paulista Rodrigo Martins Cintra, até então árbitro da CBF – Confederação Brasileira de Futebol por nove anos, através da Federação Paulista, passa a ser o mais novo integrante do quadro de árbitros da Federação Bahiana. Cintra já está em Salvador, veio em definitivo, deixando para trás 12 anos no futebol paulista, aonde chegou a ficar entre os três melhores profissionais da FPF, para lutar por uma vaga de aspirante do quadro da Fifa.

Depois de trabalhar por três anos no futebol baiano como convidado, o árbitro Rodrigo Martins Cintra decidiu aceitar o convite do presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, para se transferir em definitivo para Salvador. Cintra chega como um dos árbitros de maior expressão da maior Federação Paulista, com o handicap de ter sido nos últimos anos um dos cinco árbitros que mais atuaram no futebol paulista, com mais de 100 jogos apitados na 1ª Divisão Estadual e nacional.

O novo árbitro do quadro da FBF já trabalhou na decisão de título dos Campeonatos Estaduais da 1ª Divisão de São Paulo, Bahia, Brasília, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, Brasiliense, Mineiro e Mato grossense.

Árbitros da RM realizam confraternização

Por: Luciano Pina

Como acontece todo ano, a RM & Associados realiza durante todo o dia deste sábado (25), no Sitio Sul, a festa de confraternização dos árbitros da entidade.

Segundo o presidente Rosalvo Mota, está é a oportunidade dos árbitros se confraternizar com todos aqueles que contribuem para o engrandecimento do trabalho da arbitragem em Conquista.

“ Durante todo o ano a vida do árbitro é muito estressante, por isto é que fazemos sempre este momento de lazer para compensar este estresse que vivemos” – disse Rosalvo.

Inglês Howard Webb apitará a final da Copa do Mundo

Fonte: Lancenet

O inglês Howard Webb, que apitou Brasil e Chile (3-0) nas oitavas de final, foi anunciado nesta quinta-feira pela Fifa como o árbitro da decisão da Copa do Mundo, entre Holanda e Espanha no próximo domingo.

Além do jogo do Brasil, Webb apitou outras duas partidas na África do Sul: Espanha x Suíça, e Itália x Eslováquia, ambas pela fase de grupos.

O árbitro da disputa do terceiro lugar, no sábado entre Uruguai e Alemanha, será o mexicano Benito Archundia. Ele apitou o último jogo da seleção brasileira na fase de grupos, contra Portugal (0-0).

Presidente da FBF queria árbitro internacional no Ba-Vi

Fonte: Galaticosonline
Foto: Arquivo Google

Em entrevista a Equipe dos Galáticos, o presidente da Federação Bahiana de Futebol, comentou sobre a arbitragem do Ba-Vi decisivo, que acontece no próximo domingo, no Barradão.

A intenção de Ednaldo Rodrigues era escalar um arbitro internacional. O presidente da Federação Bahiana de Futebol pretendia convidar o uruguaio Jorge Larrionda ou o paraguaio Carlos Amarilla, mas como ambos estarão em congressos no final de semana, não poderão aceitar.

Com isso, a intenção agora de Ednaldo Rodrigues é convidar um árbitro brasileiro que esteja no quadro da FIFA para apitar o confronto decisivo. Sendo assim, árbitros como Evandro Rogério Roman, Heber Roberto Lopes, Sálvio Spinola, Leandro Pedro Vuaden, Marcelo de Lima Oliveira, podem pintar na escala.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia