WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘titulo’

Ponte Preta e Maru buscam título inédito da LCDT neste domingo

Por Luciano Pina

Juliana Amaral, Marcos Roberto e Edimar Almeida, vão comandar o jogo

Juliana Amaral, Marcos Roberto e Edimar Almeida, vão comandar o jogo

Ponte Preta e Maru irão disputar na manhã deste domingo (30), no estádio Edvaldo Flores, o título de campeão do Campeonato Municipal de Futebol 2015, promovido pela LCDT.

Nos últimos anos a Ponte tem feito boas campanhas, porém, sempre foi desclassificada nas fases finais. Já o Maru chegou bem perto no ano passado, mas acabou perdendo a final para a equipe do Beira-Mar.

Agora as duas equipes tem a oportunidade de levar o tão sonhado título da mentora conquistense.

Na tarde desta sexta (28), a LCDT definiu o trio de árbitros responsaveis pelo confronto. Apita Marcos Roberto Gonçalves, auxiliado por Juliana Amaral e Edimar Almeida. Os reservas serão Andreia Lima, Amarildo Nunes e Edmundo Souza.

O torcedor deverá levar 01 kg de alimento não perecível, que será doado a Casa do Amor (Casa do Cancer).

Médico conquistense ganha título com Seleção Brasileira de Futebol

Blog da Resenha Geral

IMG_1669

Os desportistas de Vitória da Conquista vêm ganhando destaque pelo Brasil a fora, temos grandes atletas conquistando títulos mundiais e sendo convocados para integrar a seleção brasileira em várias modalidades. Mas, até ganhar esta visibilidade, os atletas dependem de um conjunto de fatores e profissionais que trabalham duro para colocar a casa em ordem. Como é o caso do médico Danilo Ladeia, um destes conquistenses que estão brilhando em seu trabalho dentro do esporte.

Danilo ingressou na residência de Medicina Esportiva na UNIFESP no último ano. Seu trabalho na Universidade Federal do Estado de São Paulo ganhou destaque e acabou provocando vários convites na área, como Copa do Mundo Fifa 2014, Liga Paulista de futebol feminino e Liga de Vôlei. Até que um convite especial, para integrar a Seleção Brasileira Feminina de Futebol Sub 17, lhe rendeu um título: o Torneio Internacional de São Paulo de Futebol Feminino. Dr. Danilo é filho dos médicos conquistenses Mauro Muiños e Dora Ladeia.

A reportagem do BLOG DA RESENHA GERAL conversou com Danilo, que está em São Paulo, e ele contou o passo a passo de sua trajetória. Confira a entrevista: :: LEIA MAIS »

Com promessa de público recorde, Flu de Feira e Fla de Guanambi fazem final do Baianão

Bahia Notícias

GEDC0428-1024x768

Depois de um empate sem gols no Estádio 2 de Julho, Fluminense de Feira e Flamengo de Guanambi chegam ao segundo jogo da grande final do Campeonato Baiano da Segunda Divisão, onde apostam tudo para conseguir a glória após o acesso a elite nacional do próximo ano.

 Jogando no Joia da Princesa, o Touro do Sertão aposta na força de sua torcida para conseguir superar o rival. Com uma promoção realizada pelo departamento de marketing do clube tricolor, a estimativa é que o público supere  os 9 mil pagantes do confronto contra o Atlético de Alagoinhas, pela última rodada da primeira fase.

Na equipe que entra em campo no próximo domingo (28), o treinador Paulo Sales ainda tem dúvidas sobre a escalação de alguns jogadores que se recuperam de lesão. Esse é o caso de Dadai, que está de fora desde o jogo contra o Itabuna e segue em tratamento intensivo. Já Peixoto se recuperou de um choque sofrido contra o Carcará e agora espera entrar em campo para atuar na grande final.

Enquanto que para o Flu de Feira apenas um empate garante o título, o Flamengo de Guanambi só pensa na vitória para conseguir a inédita conquista da Segunda Divisão. Entretanto, para o Beija-Flor do Sertão chegar ao triunfo do certame, a equipe comandada pelo interino Marco Antônio precisa enfrentar mais desfalques do primeiro para o segundo jogo da final. Enquanto que no jogo em Guanambi, os desfalques de atletas como Kaká e Carlinhos prejudicaram o rubro-negro, na partida em Feira de Santana outros jogadores como Amaral, Rafael Granja e William não fazem mais parte do plantel da equipe do Centro-Sul.

Fluminense de Feira e Flamengo de Guanambi se enfrentam no próximo domingo (28), às 16h, no Estádio Joia da Princesa.

Em confronto entre tradição e inovação, Fla-Flu do Sertão agita a final da 2º Divisão

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.a3URrBMRTE

Reeditando mais uma vez a versão baiana do famoso Clássico das Multidões do futebol carioca, Flamengo de Guanambi e Fluminense de Feira voltam a se enfrentar nesta temporada em duas partidas que decidem uma competição oficial, nos próximos domingos, dias 21 e 28 de junho. Pelas finais do Campeonato Baiano da Segunda Divisão, as equipes que garantiram o acesso a elite estadual festejam e justificam o seu protagonismo no atual cenário local, incrementando mais um capítulo nessa curta rivalidade que já tem um nome conhecido por toda a Bahia: Fla-Flu do Sertão.

Tradicional equipe da cidade de Feira de Santana, o Fluminense amargou dois anos inglórios para a sua história. Entretanto, na atual temporada, o Touro do Sertão conseguiu retornar a elite do futebol local após liderar toda a primeira fase da Segundona e fazer a alegria de sua apaixonada torcida. “Tenho resumido esse resultado em duas palavras: Determinação e profissionalismo. Estes foram fatores prepoderantes em todos os setores do clube para este acesso”, afirmou o presidente Gerinaldo Costa em entrevista ao Bahia Notícias.

Enquanto o Fluminense retorna a primeira divisão, o Flamengo de Guanambi terá em 2016 a realização de um sonho que demorou três anos para se concretizar. Novato no cenário estadual, o Rubro-Negro do Centro-Sul bateu na trave em todas as suas participações pelo certame e agora finalmente conseguiu alcançar o acesso para a elite do Baianão. “O acesso era a nossa meta, mas todo mundo sonha em ser campeão. Então, já conversamos com o elenco e todo mundo está focado para a decisão”, afirmou o diretor de futebol Armando Filho, que garante foco total do elenco e da própria cidade na grande final.

Flamengo e Fluminense iniciam a decisão neste domingo (21), às 15h, no Estádio 2 de Julho.

“Tudo está conspirando” para título do Conquista, diz presidente antes de viagem

Blog da Resenha Geral

IMG_1567-300x201

O Vitória da Conquista partiu às 13h30 desta quarta-feira (30) para Salvador levando na bagagem o sonho do seu primeiro título no Campeonato Baiano. Antes de partir, o presidente do clube, Ederlane Amorim, concedeu entrevista ao repórter Elias José, da Rádio clube (FM 95,9).

Para o dirigente, tudo está conspirando para o título do Conquista neste domingo (3 de maio). “Bahia de Feira e Colo-Colo provaram que isso é possível, sendo campeões dentro de Salvador. Tudo está conspirando pra que esse momento possa ser do nosso time. A campanha, a regularidade que estamos mantendo nessa competição, temos 23 pontos, o Bahia tem 22, temos a melhor defesa do campeonato, o melhor ataque. Então está tudo convergindo para que a gente para que as coisas possam acontecer”, disse Amorim.

Sérgio Soares admite abatimento, mas mostra otimismo para conquista do Baianão

Galáticos Online

sérgio soares coletiva arena(1)

A perda do título da Copa do Nordeste para o Ceará abateu os jogadores do Bahia. Na saída do gramado, os jogadores estampavam nos rostos o clima de tristeza que tomava o grupo.

Mas, em entrevista coletiva após a derrota, o técnico Sérgio Soares manteve o otimismo para a conquista do Baianão 2015, diante do Vitória da Conquista, no próximo domingo (3). “Uma não conquista de um título se sente, não tem como não sentir. Temos dois três dias para trabalhar, recuperar e para reverter essa situação domingo”, disse.

O treinador ainda mostrou confiança no time para reverter a vantagem do Bode no estadual. “Ficamos 16 jogos numa condição boa (sem derrotas), isso mostra que temos condições de levantar a cabeça nesse momento difícil”, completou.

Ceará e Bahia esquecem derrotas no estadual e decidem Copa do Nordeste

Globo Esportes

bahia_ae

Chegou a hora! Quando a bola rolar, logo mais, nesta quarta-feira (29), às 22 horas, na Arena Castelão, Ceará e Bahia entram em campo para decidir o título da Copa do Nordeste. Lembra-se ainda que o campeão tem vaga garantida na Sul-Americana deste ano. Aos donos da casa, a vantagem do empate, após a vitória em Salvador, por 1 a 0. Vitória dos visitantes pelo mesmo placar leva o duelo para os pênaltis. Qualquer outro resultado positivo em favor do Bahia dá o título ao time tricolor. A sorte está lançada.

O Alvinegro de Porangabuçu vem firme após o sucesso em solo baiano. Mesmo com a vantagem do empate, entretanto, Silas Pereira garante que irá para cima. No entanto, mesmo com as arquibancadas em favor do Ceará (são esperadas mais de 60 mil pessoas no Castelão), o Vovô sabe que não terá vida fácil. Vindo de derrota no primeiro jogo da final do Cearense, contra o Fortaleza, Silas Pereira não terá o atacante Marinho, suspenso em Salvador. Wescley e Marcos Aurélio são os mais cotados para assumir a titularidade. William e Sandro, também desfalques, seguem no Departamento Médico alvinegro.

O bom desempenho do Bahia na temporada foi desafiado justo quando o clube está embrenhado nas finas da Copa do Nordeste e no Campeonato Baiano. A invencibilidade de 16 jogos caiu com o revés em casa para o Ceará, e a situação ficou ainda pior com a derrota por 3 a 0 para o Vitória da Conquista, no último domingo. Embora precise reverter os dois resultados para fechar o primeiro semestre com chave de ouro, o clima no Tricolor é de total confiança na conquista das taças.

O trio de arbitragem para a final do Nordestão é potiguar. Italo Medeiros de Azevedo será o árbitro principal da partida. Ele será auxiliado por Lorival Cândido das Flores e Luís Carlos Câmara Bezerra. A bola rola às 22 horas.

A mágica da união: entrosado e forte, Conquista chega perto de título inédito

Globo Esportes

vitoria

Na mágica, o grande segredo para o encanto da plateia está no mistério. Nunca revelar a chave de um truque é a primeira lição aprendida por aqueles que ousam burlar a realidade. Cartas escondidas nas mangas, a ilusão provocada pelos espelhos, o coelho na cartola, pequenos detalhes que deixam o público boquiaberto em busca de explicações para justificar aquilo que não podem acreditar. O Vitória da Conquista aprendeu a fazer mágica no Campeonato Baiano deste ano. Invicto, o time do interior venceu o favorito Bahia por 3 a 0 no último domingo, no estádio Lomanto Junior, na primeira partida da final, e se aproximou do primeiro título estadual da sua curta história. Ao contrário dos mágicos de fraque e cartola, os magos alviverdes não fazem o menor esforço para esconder o segredo. Nada de cartas marcadas, baús com fundos falsos e lâminas retráteis. A aposta é na união de um grupo marcado pela ausência de estrelas e pela sede de conquistas.

O passo a passo do truque foi relatado pelos atletas do Bode ao GloboEsporte.com. O atacante Neto Potiguar destaca o entrosamento e a força do grupo do Vitória da Conquista. O elenco foi formado apenas no início deste ano, mas possui peças identificadas, caso do zagueiro Sílvio, no clube desde a fundação, há dez anos, e o atacante Tatu, na terceira passagem pelo Alviverde.

– Acho que é um grupo. Todo mundo desde o começo, o primeiro jogo contra o Bahia, já pensava em ser campeão. Realmente temos um grupo forte. O Bahia tem uma excelente equipe, a gente vai respeitar, mas o que nos credencia é a nossa união. Um grupo, são vários jogos, não adianta ter só 11. Quem está entrando está dando conta do recado e estamos atingido nossos objetivos – disse.

Autor de um dos gols da partida contra o Bahia no último domingo, o volante Fausto destaca a mescla entre atletas experientes e jovens com potencial como parte da mágica do Conquista.

– Nosso diferencial primeiramente é Deus. Desde o início, colocamos Deus nessa competição, nessa caminhada. E esse grupo que foi formado… Um grupo de homens, de atletas comprometidos com o objetivo. Mesclado com jogadores experientes e jovens com potencial muito grande. Um time que chega à final invicto, para enfrentar o Bahia de igual para igual… Com todo respeito, sabemos da diferença, o Bahia é um time de Primeira Divisão, que está vivendo um momento na Segunda Divisão. Com esse respeito, vamos entrar em campo para fazer um grande jogo. São dois times fortes que vão se enfrentar e, se Deus quiser, no final vamos sair consagrados com o título do Campeonato Baiano – afirmou o volante.

O Vitória da Conquista disputou 11 jogos na atual edição do Campeonato Baiano. Foram seis triunfos e cinco empates, aproveitamento de 69%. Para ficar com o título estadual, o Bode pode até perder por dois gols de diferença na Arena Fonte Nova, no próximo domingo.

Bahia pode voltar a perder estadual para clube do interior após mais de 40 anos

Galáticos Online

fluminense 1969

Com a derrota no último domingo, por 3 a 0, para o Vitória da Conquista, o Bahia pode voltar a perder um título estadual para clubes do interior depois de mais de 40 anos sem isso ocorrer.

Ao longo da história do Campeonato Baiano, o Bahia perdeu o título estadual duas vezes para equipe do interior. Em 1963 e 1969, ambos para o Fluminense de Feira de Santana.

Depois da derrota de 1969, o Bahia voltou a enfrentar equipes do interior nas finais e venceu como: Atlético de Alagoinhas, Itabuna, Catuense, Juazeiro e o próprio Fluminense de Feira de Santana.

468x60_simonassi127

Uma década em 180 minutos: Bode busca título baiano para coroar 10 anos

Globo Esportes

vitoria

Uma década e 180 minutos para fazer história. O Vitória da Conquista, está a dois jogos de dar mais um passo em sua afirmação como terceira força do futebol baiano. Fundado e projetado para ser campeão estadual em 2014, a equipe do interior do estado pode cumprir o feito com um ano de atraso. Mas, neste momento, nenhum habitante da cidade vai ousar levantar alguma voz de dissonância.

Desde a primeira disputa da elite do futebol baiano, em 2007, o Vitória da Conquista tem feito campanhas para se posicionar como a principal equipe do interior do estado. Na estreia, ficou na oitava colocação no torneio. No ano seguinte, foi terceiro e caiu para quinto em 2009. Nos anos de 2010, 2011 e 2013, o Bode saiu da disputa no quadrangular da segunda fase. Já em 2012 e no ano passado, o sonho durou até a semifinal.

Para conquistar o título e dar aos torcedores um presente digno do ano em que se comemora uma década de existência do clube, o Vitória da Conquista confia em personagens fortes e emblemáticos. No elenco, o técnico Evandro Guimarães conta com o experiente goleiro Viáfara, que foi vice-campeão da Copa do Brasil pelo Vitória em 2010, além do volante Paulo Almeida, bicampeão brasileiro com o Santos em 2002 e 2004.

Apesar destes nomes mais conhecidos pelo público nacional, a equipe tem outros medalhões, muito familiares de sua torcida: o zagueiro Silvio defende o Alviverde desde a fundação do clube, sempre como capitão do time, e o atacante Tatu está em sua terceira passagem pelo Bode.

Com a classificação para a final do Baianão, o Vitória da Conquista obteve automaticamente participação assegurada na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil de 2016. Mas o calendário 2015 do Bode não termina por aqui. No segundo semestre, a equipe ainda disputa a Copa Governador do Estado;













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia