WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Atlético’

Com Renato Gaúcho no banco e trinca ex-Juventude, Grêmio enfrenta Atlético-PR

Terra

01apresentacaorenatocamisalucasuebelgremiofbpa

O Grêmio volta ao Campeonato Brasileiro neste sábado, contra o Atlético-PR, e tem como a grande atração o retorno do técnico Renato Gaúcho, eterno ídolo gremista que como jogador foi um dos responsáveis pelas conquistas da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes, em 1983. Esta é a segunda passagem de Renato como treinador gremista; em 2010, o ex-camisa sete tricolor assumiu o time na zona do rebaixamento e levou o Grêmio ao G-4, garantindo vaga na Libertadores de 2011.

Se Renato Gaúcho é a atração no banco de reservas, dentro de campo a curiosidade fica por conta de três jogadores formados nas categorias de base do Juventude, o zagueiro Bressan, o lateral direito Moisés e o lateral esquerdo Alex Telles, que com pouco tempo de Grêmio já conseguiram desbancar atletas experientes e renomados no cenário do futebol mundial.

Para o jogo deste sábado o técnico Renato Gaúcho também não contará com o meia Elano, que se recupera de uma entorse no joelho. O time gremista viajou para Coritiba definido com Dida, Moisés, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Souza, Guilherme Biteco e Zé Roberto; Vargas e Barcos.

zip nautica

Complicou: Atlético-MG leva 2 a 0 do Newell’s Old Boys na Argentina

Globo Esportes

maximilianorodriguez_afp_15

A união terá que ser maior do que nunca. A sintonia terá que ser absoluta. O time do Atlético-MG, o caldeirão do Horto e a torcida do Galo terão que encarar, juntos, o maior desafio do ano – e um dos maiores desafios da vida – na semana que vem. Porque complicou… Na noite desta quarta-feira, o único sobrevivente brasileiro na Libertadores foi à Argentina e perdeu por 2 a 0 para o Newell’s Old Boys, no primeiro duelo das semifinais da competição continental. Maxi Rodríguez e Scocco, a dupla pensante do time de Rosário, fizeram os gols.

O saldo qualificado torna o resultado pavoroso para os mineiros. Para ir à final, a equipe de Cuca precisará vencer por três gols de diferença no Independência. Outra opção é devolver os 2 a 0 e tentar a sorte nos pênaltis. O jogo será na quarta-feira, às 21h50m. Será, em décadas, o mais importante dos dias para os atleticanos.

A derrota na Argentina saiu no segundo tempo, depois de uma etapa inicial relativamente calma. A zaga falhou no primeiro gol, de Maxi Rodríguez (Leonardo Silva e Réver, os titulares, desfalcaram a equipe). E Scocco encontou o canto esquerdo de Victor em cobrança de falta para complicar de vez a vida do time mineiro.

Atlético-MG prepara atacantes para marcar forte o Newells em Rosário

Uol

tecnico-cuca-conversa-com-atacante-diego-tardelli-durante-treinamento-do-atletico-mg-1370647945120_615x300

Com o sistema defensivo bastante reformulado, o que gera preocupação adicional para o primeiro jogo da semifinal da Libertadores, contra o Newells Old Boys, o técnico Cuca arma o Atlético-MG mais dependente do seu ataque, inclusive em relação à participação na marcação. O treinador atleticano ensaia até mesmo nova função defensiva para Ronaldinho Gaúcho.

Cuca se mostra preocupado com as ausências dos zagueiros titulares, Leonardo Silva, com luxação na clavícula, e Réver, suspenso por expulsão contra o Tijuana, e do volante Leandro Donizete, um dos ‘cães de guarda’ do sistema defensivo. Além desses desfalques, Pierre, o primeiro volante do time atleticano, ainda é dúvida, pois se recupera de lesão na coxa esquerda. Tudo isso obriga o treinador a preparar um novo Atlético para enfrentar o Newells Old Boys, em 3 de julho, em Rosário.

As mudanças defensivas aumentam a responsabilidade do quarteto de ataque do Atlético. Na primeira partida diante do Newells Old Boys, Bernard, Ronaldinho Gaúcho, Diego Tardelli e Jô terão de marcar mais do que estão acostumados, para suprir possíveis problemas lá atrás.

Artilheiro da Libertadores com oito gols, ao lado do companheiro Jô, o atacante Diego Tardelli, uma das esperanças do Atlético-MG para a semifinal da Libertadores, destaca a importância do time tentar marcar gol na casa do Newells Old Boys, na partida do dia 3. “Um gol fora de casa é importantíssimo, como foi contra o Tijuana, os dois que a gente fez, depois de estar perdendo de 2 a 0 foram importantes, se tratando de semifinal é mais importante ainda, a gente joga pelo empate em casa”, disse Diego Tardelli.

banner1

Com gol de Cícero, Santos bate Galo e vence primeira no Brasileiro

Gazeta Esportiva

300x250_2013-06-12_2fcf7b11d4

Com um gol de Cícero, nos primeiros minutos de jogo, o Santos fez a lição de casa e alcançou a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro, derrotando o Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro.

O resultado fez o Peixe deixar a lanterna, pulando para fora da zona de rebaixamento, ocupando agora a 15ª posição na Série A, com cinco pontos. Já o Galo, com o revés, está no Z-4, com apenas quatro pontos ganhos.

Após esta vitória santista, as duas equipes só voltam a jogar em julho, por conta da paralisação do Brasileirão para a disputa da Copa das Confederações. No próximo dia 6, os mineiros recebem o Criciúma, no Estádio Independência. No dia seguinte, o Alvinegro Praiano faz o clássico com o São Paulo, no Morumbi.

Para se afastar do Z-4 e amenizar crise, Santos recebe Galo na Vila

Gazeta Esportiva

t_88670_aaaaaaaaa

Com apenas dois pontos conquistados, em quatro partidas realizadas – uma a menos em relação à maior parte dos seus concorrentes –, o Santos ocupa a última posição no Campeonato Brasileiro. Mas o Peixe tem a chance de deixar a lanterna e, também, a zona do rebaixamento, caso vença o Atlético-MG, seu adversário desta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

Para o duelo com os mineiros, o técnico interino da equipe praiana, Claudinei Oliveira, irá promover duas mudanças. A primeira é a saída do volante Renê Júnior para a entrada de Leandrinho. A outra modificação é resultado da contusão de Felipe Anderson, no tornozelo direito, e da impossibilidade de contar com Montillo, na Seleção Argentina. Com isso, Pedro Castro irá receber uma oportunidade entre os titulares.

Pedro Castro, que assim como Leandrinho, ganhou a última Copa São Paulo de Juniores, sob o comando de Claudinei, se mostrou entusiasmado com a oportunidade de jogar e ajudar o Santos a reagir no Brasileirão.

O Atlético-MG terá um time bastante modificado para enfrentar o Santos. As alterações na equipe atleticana, porém, serão forçadas e não para poupar jogadores, como ocorreu em algumas partidas do Galo nesta temporada. São pelo menos cinco atletas considerados titulares absolutos e que não vão encarar o Peixe.

Ponte Preta tenta a reabilitação diante do Atlético-PR

r7

ponte1

Buscando a reabilitação depois da derrota para o Corinthians para não se afastar dos líderes do Campeonato Brasileiro 2013, a Ponte Preta volta a campo nesta quarta-feira, quando recebe o Atlético Paranaense, às 21 horas (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Furacão, por sua vez, quer a primeira vitória na competição, já temendo que a crise se instale na Baixada.

O técnico Guto Ferreira ainda terá duas partidas, incluindo o duelo diante do Rubro-Negro paranaense, para deixar seu time no topo da classificação antes da parada para a Copa das Confederações, e durante a semana mostrou total confiança no objetivo. O zagueiro Ferron também acredita que o time vem bem, apesar do resultado adverso da última rodada, e deve manter o mesmo espírito para bater o adversário.

Começando a sentir a pressão dos torcedores, o técnico Ricardo Drubscky deve mudar o Rubro-Negro para o confronto diante da Ponte. Mais um tropeço deixará o time longe da meta estabelecida para antes da pausa. O volante Deivid, com dores, é dúvida. Se for vetado a principal opção é Juninho. O meia Elias, recuperado de lesão, entra na briga por um lugar no meio campo, de olho na vaga de Felipe ou Éverton. Na lateral, Jonas pode ser mantido.

Principal novidade entre os relacionados, Elias está confiante em seu retorno, especialmente para ajudar o setor de ataque. “Sabemos que o Brasileiro é um campeonato com jogos difíceis. Por isso espero estar de volta o mais rápido possível ao lado dos meus companheiros.

banner1

Victor pega pênalti aos 48 da etapa final, e Atlético-MG está na semifinal

Globo Esportes

victor_atleticomg5_reu.jpg_95

A torcida do Atlético-MG prometeu e cumpriu. Nesta quinta-feira, o que não faltou foi apoio. Nas cadeiras do Independência, milhares de vozes empurraram o Galo às semifinais da Taça Libertadores. Mas não foi fácil. O time mineiro sofreu muito e, com requintes de crueldade, deixou os alvinegros com o coração na boca. Victor fez milagres durante a partida, mas foi aos 48 minutos do segundo tempo que o goleiro ganhou status de herói: defendeu pênalti cobrado por Riascos, garantindo o empate em 1 a 1 com o Tijuana e a classificação.

Com o empate em 2 a 2 no jogo de ida, no México, o Galo avançou por ter feito um gol a mais na casa do adversário. No Independência, Riascos, o mesmo que jogou fora a vaga do Tijuana, abriu o placar, e Réver empatou para os donos da casa – o zagueiro acabou expulso por reclamação após a defesa salvadora de Victor.

O adversário alvinegro nas semifinais será o Newell’s Old Boys, que num clássico argentino eliminou o Boca Juniors em longa disputa de pênaltis na última quarta-feira (26 cobranças ao todo). A decisão por uma vaga na decisão acontece somente depois da Copa das Confederações. O jogo de ida está marcado para 3 de julho, no estádio El Coloso del Parque, em Rosário, na Argentina, e a volta será uma semana depois, dia 10, no Independência.

O Tijuana se despede da Taça Libertadores com apenas uma derrota – 3 a 0 para o Corinthians, no Pacaembu, pela fase de grupos. E o bom retrospecto fez com que o time não se assustasse com o barulho no Indpendência, muito menos com as “máscaras da morte”, fantasias usadas pelos atleticanos para materializar o bordão “Caiu no Horto, tá morto”, cantado desde a reinauguração do estádio, em 2012. E o jogo foi dramático. Os mexicanos levaram muito perigo, criaram inúmeras chances, e em alguns momentos Victor teve de fazer verdadeiros milagres. Quando não deu para o goleiro, a trave salvou, como na cobrança de falta de Arce. Muito bem marcado, Ronaldinho Gaúcho se destacou apenas em lances de bolas paradas.

O Atlético-MG acumula agora 35 jogos seguidos sem perder no Independência. Neste período, foram 27 vitórias e oito empates. Além disso, já são 49 partidas sem perder como mandante, seja no estádio do Horto, no Mineirão ou na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Em Itu, Palmeiras começa com vitória magra sua trajetória na Série B

Gazeta Esportiva

t_87347_maikon-leite-jogou-menos-de-meia-hora-para-aproveitar-contra-ataques-acertou-a-trave-e-perdeu-um-gol-incrivel

A torcida não compareceu como se esperava, provavelmente por conta dos ingressos que custavam R$ 60 ou R$ 200, mas o estádio Novelli Junior, em Itu, sediou uma estreia eficiente do Palmeiras na Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo sem encantar, o time fez o suficiente para vencer o Atlético-GO por 1 a 0 neste sábado.

O autor do gol que garantiu os primeiros três pontos na caminhada alviverde para tentar voltar à elite nacional foi Tiago Real. Aos sete minutos do segundo tempo, o meia aproveitou cruzamento preciso de Ayrton para balançar as redes. E foi uma das poucas reais oportunidades que a equipe criou.

Mal em boa parte do primeiro tempo, o time de Gilson Kleina se encontrou em campo pouco antes do intervalo e se consolidou com o gol de Tiago Real. Teve um gol de Ayrton anulado e ainda acertou a trave em arremate de Maikon Leite. Como o Atlético-GO não fez mais do que um chute em que Bruno salvou o Verdão, o desempenho foi suficiente para o triunfo.

O Palmeiras volta a campo na terça-feira, quando visita o ASA, em Arapiraca (AL), em partida marcada para as 21h50 (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Dragão do Centro-Oeste busca sua recuperação no Serra Dourada diante do Joinville.

Outros Resultados
Figueirense 3 x 2 América-RN
Joinville 3 x 0 Bragantino
Icasa 2 x 1 Sport
ABC 0 x 2 Paraná Clube
Palmeiras 1 x 0 Atlético-GO
Guaratinguetá 1 x 0 América-MG

Ronaldinho Gaúcho lidera o Atlético-MG contra o Tijuana

Agência Estado

cuca_simonini

O Atlético Mineiro fez do estádio Independência o seu caldeirão, um local onde vem massacrando um adversário atrás do outro. Nesta quinta-feira, no entanto, será o time de Ronaldinho Gaúcho que vai encarar um caldeirão, às 21h30 (de Brasília), no México. O Tijuana conta com a pressão de sua torcida no estádio Caliente, no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

Para o Atlético, é uma boa oportunidade de confirmar o futebol ofensivo, bonito e envolvente que tornou a equipe a principal favorita ao título na opinião de quase todos que estão acompanhando a competição. Até porque terá de mostrar força também em um gramado “estranho”, uma vez que o piso do Caliente é sintético.

Para o time mexicano, é a chance de manter vivo o sonho de ir mais longe na Libertadores, pois todos no Tijuana concordam ser praticamente impossível vencer em Belo Horizonte. O plano é obter um bom resultado nesta quinta e depois tentar perder de pouco no Brasil.

Embalado, Atlético-MG faz 3 e acaba com invencibilidade do Cruzeiro

Terra

ronaldinhojofestagolgilleonardial

A grande fase do Atlético-MG parece não ter data para acabar. Depois de dar show na Copa Libertadores da América, o time alvinegro venceu o Cruzeiro por 3 a 0, neste domingo, no Estádio Independência, pela primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro.

O resultado, que acabou com a invencibilidade cruzeirense na temporada, foi sacramentado no segundo tempo, depois que Bruno Rodrigo foi expulso pelo lado celeste. Agora, os atleticanos carregam grande vantagem para o jogo de volta no Mineirão, em que os rivais terão que fazer pelo menos três gols para sonhar com o título.

O Atlético-MG envolveu completamente o Cruzeiro no começo do jogo. Com boa movimentação no ataque, o time sufocou a defesa celeste até conseguir o primeiro gol. Marcos Rocha roubou a bola na direita e tocou para Ronaldinho, que emendou um passe rápido, de primeira, nos pés de Jô. O atacante, em fase iluminada, apenas dominou e finalizou para abrir o placar.

O gol mudou pouca coisa no andamento da decisiva partida. O Cruzeiro tentou ter mais posse de bola, mas o Atlético-MG foi mais perigoso quando esteve com ela. Aos 23min, por exemplo, Jô quase marcou o segundo, após cruzamento de Bernard, mas desperdiçou. Dois minutos depois e Tardelli ficou de frente para o gol, mas também finalizou para fora.

O que mudou até o final do primeiro tempo foi apenas a quantidade de faltas. O clima ficou mais quente e chegou a acontecer uma discussão entre Dagoberto e Pierre, que receberam cartões amarelos. Depois disso, aos 44min, o Atlético-MG ainda teve outra boa chance, que nasceu dos pés de Ronaldinho de novo, mas Fábio defendeu a finalização de Jô.

Depois do intervalo, o Cruzeiro voltou com duas substituições para tentar melhorar no jogo, mas Bruno Rodrigo foi expulso e frustrou qualquer expectativa celeste. Com um a mais, o Atlético-MG ampliou o domínio e virou questão de tempo sair mais um gol. Demorou 18 minutos, mas ele veio: após cruzamento de Ronaldinho, Diego Tardelli chutou forte e ampliou a festa no Independência.

O Cruzeiro tentou se fechar para diminuir o prejuízo, mas Marcos Rocha conseguiu ampliá-lo. Aos 33min, o lateral apareceu na área, aproveitou passe de Jô e aumentou a vantagem atleticana para a segunda partida final. Os minutos derradeiros serviram apenas para a torcida do Atlético-MG aproveitar a vitória e provocar os jogadores do Cruzeiro.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia